RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS E ENSINO DE HISTÓRIA: RELEVÂNCIA E DESAFIOS NA EJA PARA UMA EDUCAÇÃO ANTIRRACISTA

Palavras-chave: Relações Étnico-Raciais; Ensino de História; EJA; Educação; Antirracismo

Resumo

Neste ensaio, objetivou-se responder questões a respeito dos conteúdos, recortes, temáticas e contextualizações nas relações entre o ensino de história no âmbito das relações étnico-raciais diante da modalidade da Educação de Jovens e Adultos. Apostou-se na relevância do ensino de história de maneira anti-hegemônica e como possibilidade e desafio para uma educação diversa, inclusiva, plural, antirracista e democrática. Portanto, uma educação antirracista é a base para a transgressão do racismo estrutural.

Biografia do Autor

João Paulo Carneiro, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

João Paulo Carneiro atualmente está cursando Doutorado no Programa de Pós-Graduação em História Social (UERJ). Possui Mestrado em Relações Étnico-Raciais (CEFET/RJ). Especialização em Ensino de História (UFRJ), Especialização em Cultura Afro-Brasileira e Indígena (UCP). É Licenciado em História (UNISUAM) e cursando Licenciatura em Pedagogia (UERJ). Membro do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB-CEFET/RJ).

Publicado
2022-03-24