PRÁTICAS EDUCATIVAS OPINIÃO DE DISCENTES DE UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO SUPERIOR

Palavras-chave: Educação. Pessoal de educação. Mercado de trabalho.

Resumo

Objetivo: conhecer a opinião de discentes de uma Instituição Federal de Ensino Superior acerca das práticas educativas que ancoram os processos de ensino e avaliação em uma Universidade Federal do interior da Paraíba-PB-Brasil. Metodologia: Estudo de natureza predominantemente qualitativa ancorado no prisma metodológico do materialismo histórico dialético foi possível emergir as contradições das atividades docentes a partir das entrevistas virtuais realizadas com 14 estudantes dos cursos de bacharelado em Física, Química, Matemática, Biologia, Enfermagem, Nutrição e Farmácia no período de junho, julho e agosto de 2020. Resultados: os temas principais oriundos das falas dos entrevistados permitiram a depreensão de duas categorias empíricas: I- Aspectos potencializadores das práticas educativas; II- Aspectos limitadores das práticas educativas. Ficou evidente a escolha por diversas estratégias pedagógicas nas atividades laborais dos professores da saúde e educação. Conclusão: essa diversidade convergiu para uso de abordagens pedagógicas emancipatórias e não emancipatórias, na opinião dos entrevistados, demonstrando avanço pedagógico diante da possibilidade de reconsiderar as ações docentes em vistas à superação de metodologias tradicionais através da operacionalização dos pressupostos da Resolução Nacional que institui as Diretrizes Curriculares dos Cursos.

Publicado
2021-12-20