O DESAFIO DA SALA DE AULA, EM TEMPOS DE PANDEMIA, SOB O OLHAR DO PROFESSOR

Palavras-chave: Ensino, Tecnologias de informação e comunicação, COVID19

Resumo

O presente artigo tem por finalidade apresentar a visão do professor frente ao desafio de estar em “ sala de aula”, numa realidade onde tenta-se aplicar fórmulas antigas misturadas a ingredientes novos para se tratar de desafios recentes e incertos, com a finalidade de se manter a “normalidade” do ensino presencial sob a forma online. Além de verificar como o uso destas tecnologias e conceitos são trabalhados e assimilados por estes profissionais. Desta forma, realizou-se uma pesquisa de cunho exploratório com natureza qualitativa com professores de educação básica e superior, filiados a uma associação de classe no Estado do Rio de Janeiro, nos primeiros meses de isolamento pela COVID19, em 2020. Pode-se verificar uma realidade distinta entre estes grupos (professores de ensino superior e professores de educação básica), no tocante ao domínio da tecnologia, adaptação da sala de aula para a nova realidade virtual e domínio dos conceitos e descrição da modalidade de ensino utilizado. Entre estas diferenças estão: a falta de treinamento, o desconhecimento sobre as tecnologias, insegurança, falta de equipamento adequado para a instalação das tecnologias, falta de interesse, a baixa frequência ou maturidade do aluno para esse tipo de aula e o tempo de duração das aulas. Porém, verificou-se uma perspectiva de mudança de comportamento em relação ao uso das tecnologias associadas ao momento, como: mais de 85% dos respondentes planejam continuar usando de alguma forma estas ferramentas e plataformas, uma vez que alegam que após o susto inicial conseguiram se adaptar, mesmo que de forma tímida, a nova realidade, e além disso conseguiram ver algumas facilidades advindas do uso da ferramenta, como rapidez para falar com os alunos, acessibilidade a exemplo para a aula entre outros.

Publicado
2022-03-24