COVID-19 E ISOLAMENTO SOCIAL: algumas reflexões

Palavras-chave: COVID-19, SARS-CoV-2, Isolamento social, Epidemiologia, Pandemia

Resumo

Neste pequeno ensaio me proponho a esclarecer, à luz da epidemiologia, o que significam e como se deve interpretar as curvas epidemiológicas que estão servindo de justificativa para o isolamento social. Também discuto as possíveis medidas que se podem tomar frente a uma pandemia, considerando a história natural das doenças contagiosas. Por fim analiso os desdobramentos sanitários, econômicos e sociais do isolamento social.

Biografia do Autor

Carlos Alberto Mourão Júnior, UFJF

CARLOS ALBERTO MOURÃO JÚNIOR, graduado em Medicina (UFJF), concluiu o Mestrado em Ciências Biológicas (Comportamento animal) pela Universidade Federal de Juiz de Fora em 2000. Em 2006 concluiu Doutorado em Ciências (Endocrinologia Clinica) pela Universidade Federal de São Paulo e Pós-Doutorado no Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), na área de Estatística. Pós-Graduado em Filosofia pela UFJF. É também bacharel em Direito e possui formação nas áreas de Matemática e Gestão. Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal de Juiz de Fora, atuando nas disciplinas de Biofísica e Fisiologia, e também na disciplina de Filosofia e Neurociência. É autor de três livros didáticos - dois na área de Biofísica e outro na área de Fisiologia Humana, publicados pela Editora Guanabara Koogan, onde também atua como Organizador de uma série de livros didáticos de disciplinas do currículo básico da área de saúde e biológica. Publicou artigos em periódicos especializados e trabalhos em anais de eventos. Atua na área de ensino, pesquisa, extensão, palestras, revisão técnica, editoração e consultoria. Ao longo de sua carreira foi aprovado em 7 concursos públicos (em 5 concursos foi primeiro colocado). Em suas atividades profissionais interage com colaboradores em co-autorias de diversos livros e trabalhos científicos. Sua principal atividade extracurricular é a Maçonaria. Atualmente está cursando Especialização em Psiquiatria,

Referências

ABBAS, A. K.; LICHTMAN, A. H.; PILLAI, S. Cellular and molecular immunology. 9. ed. Philadelphia: Elsevier, 2017.

AHRENS, W.; PIGEOT, I. Handbook of epidemiology. 2. ed. New York: Springer, 2014.

BENNETT, J. E.; DOLIN, R.; BLASER, M. J. Mandell, Douglas, and Bennett's principles and practice of infectious diseases. 9. ed. Philadelphia: Elsevier, 2020.

BONITA, R.; BEAGLEHOLE, R.; KJELLSTRÖM, T. Epidemiologia básica. 2. ed. São Paulo: Santos, 2010.

DELVES, P. J.; MARTIN, S. J.; BURTON, D. R.; ROITT, I. M. Roitt fundamentos de imunologia. 13. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2018.

ELMORE, J. G.; WILD, D. M. G.; NELSON, H. D.; KATZ, D. L. Jekel's epidemiology, biostatistics, preventive medicine and public health. 5. ed. St. Louis: Elsevier, 2020.

FÓRUM ECONÔMICO MUNDIAL. Minimizing Coronavirus’ impact is a race against time: this chart explains why. Disponível em: https://www.weforum.org/agenda/2020/03/this-one-chart-shows-why-minimizing-coronavirus-impact-is-a-race-against-time/. Acessado em: 31 mar. 2020.


MURPHY, K. Imunobiologia de Janeway. 8. ed. Porto Alegre: Artmed, 2014.

ROTHMAN, K. J.; GREENLAND, S.; LASH, T. L. Modern epidemiology. 3. ed. Philadelphia: Lippincott Williams & Wilkins, 2008.

ROUQUAYROL, M. Z.; SILVA, M. G. C. Rouquayrol epidemiologia & saúde. 8. ed. Rio de Janeiro: MedBook, 2018.

TORTORA, G. J.; FUNKE, B. R.; CASE, C. L. Microbiologia. 12. ed. Porto Alegre: Artmed, 2017.

TRABULSI, L. R.; ALTERTHUM, F. Microbiologia. 6. ed. São Paulo: Atheneu, 2015.

WHITE, D. O.; FENNER, F. J. Medical virology. 4. ed. San Diego: Academic Press, 1994.

ZUCKERMAN, A. J.; BANATVALA, J. E.; SCHOUB, B. D.; GRIFFITHS, P. D.; MORTIMER, P. Principles and practice of clinical virology. 6. ed. West Sussex: John Wiley & Sons, 2009.
Publicado
2020-06-03