GUIA MECÂNICO PARA CORREDORES PARALÍMPICOS DAS PROVAS DE 200M E 400M

  • Lorrano Alves UNISUAM
  • Ana Carolina Zachi UNISUAM
  • Ariane Martins UNISUAM
  • Fernando Gomes UNISUAM
  • Saulo Renan Nunes UNISUAM
Palavras-chave: atleta, atleta paralímpico, paralimpíadas, competição

Resumo

O presente artigo aborda a real situação do atleta paralímpico em provas de atletismo na categoria T11, T12 e T13 masculinas e femininas. Faz análise de alguns casos ocorridos em provas de paralimpíadas. Explicita a atual situação do atleta paralímpico, e seu guia, que em alguns casos atrapalha o desenvolvimento do atleta na competição. O artigo sugere a substituição do guia humano pelo guia mecânico, através de estruturas metálicas e coletes que ligaram os atletas a essas estruturas fazendo com que as mesmas os guiem.

Referências

GUIA CAI, E TEREZINHA, SOLIDÁRIA, ABRE MÃO DA DISPUTA POR PÓDIO NOS 400M Disponível em: http://globoesporte.globo.com/paralimpiadas/noticia/2012/09/guia-cai-e-terezinha-solidaria-abre-mao-da-disputa-por-podio-nos-400m.html

GUIA CAI, TEREZINHA SE JOGA NO CHÃO E FICA SEM MEDALHA NOS 400M T12. Disponível em: http://espn.uol.com.br/noticia/279582_guia-cai-terezinha-se-joga-no-chao-e-fica-sem-medalha-nos-400m-t12

GUIA CAI, TEREZINHA SE JOGA NO CHÃO E FICA SEM MEDALHA NOS 400M T12. Disponível em: http://www.adrena.com.br/loja/produtos_descricao.asp?lang=pt_br&codigo_produto=128.
Publicado
2018-12-06