EDUCAÇÃO PARA OS RECURSOS HÍDRICOS E A DEGRADAÇÃO DO RIO BOTAS

  • Rafael de Mello UNISUAM
  • Danielle Reis UNISUAM
  • Silvia Pereira Mello UNISUAM
  • Reis Friede UNISUAM
Palavras-chave: Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Educação Ambiental

Resumo

A educação ambiental busca alcançar um mundo mais sustentável por meio da mudança de comportamentos dos diversos segmentos da sociedade. Dentro dessa perspectiva, o projeto Implicações no ambiente no processo de ensino-aprendizagem atua em várias escolas buscando a conscientização dos jovens sobre o uso sustentável dos Recursos Hídricos por meio de oficinas que possam gerar consciência crítica nos alunos. Esse artigo discute o trabalho realizado por esse projeto em escola pública no município de nova Iguaçu com vistas à conscientização de alunos em relação ao Rio Botas.

Biografia do Autor

Rafael de Mello, UNISUAM

Mestre em História Social pela UERJ (2011). Graduado em História pela UVA (2006) e Pós-Graduado (Lacto-sensu) pela UFF (2008). Professor concursado do estado do Rio de Janeiro (SEEDUC) com carga horária de 16 horas.

Danielle Reis, UNISUAM

Professora convidada da Pós-Graduação em Língua Portuguesa da UNISUAM. Mestre em Desenvolvimento Local pela UNISUAM, com ênfase nos estudos sobre educação ambiental. Participa do Projeto Implicações do Ambiente no processo de Ensino-Aprendizagem: estudos sobre escolas Públicas do Complexo do Alemão, na Cidade do Rio de Janeiro, vinculado ao Programa Observatório da Educação da CAPES - OBEDUC/CAPES. Especialista pela UCM em Administração e Supervisão Escolar. Graduada em Letras Português /Espanhol, pela UERJ. Docente da Rede Municipal de Educação do Rio de Janeiro. Servidora do Colégio Pedro II.

Silvia Pereira Mello, UNISUAM

Doutora (2009) e Mestre (2000) em Higiene veterinária e processamento tecnológico de produtos de origem animal pela UFF. Possui graduação em Zootecnia pela UFRRJ. Atua na área de ensino e pesquisa sendo pesquisadora da Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro e professora e orientadora do curso de Mestrado em Desenvolvimento Local e do curso de graduação em Ciências Biológicas da UNISUAM. Desenvolve projetos na área de educação ambiental com ênfase a preservação de recursos hídricos.

Reis Friede, UNISUAM

Desembargador Federal, Diretor do Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF), Mestre e Doutor em Direito. Professor e Pesquisador do Programa de Mestrado em Desenvolvimento Local do Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM, Rio de Janeiro.

Referências

BRITTO, A.L. (1998). "A evolução dos serviços de saneamento na Baixada Fluminense". In: BRITTO, A.L. e PORTO, H.R.L. (org) Serviços de Saneamento na Baixada Fluminense: problemas e perspectivas. Rio de Janeiro, Observatório de Políticas Urbanas e Gestão Municipal / FASE, p.11-39.

BUSTOS, M. R. L. A educação ambiental sob a ótica da gestão de recursos hídricos. Tese, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, 2003.

COSTA, L. M. S. A.; BRITTO, A. L. Propostas para recuperação ambiental de rios urbanos: uma análise visando a recuperação do Rio Botas na Baixada Fluminense no Rio de Janeiro. Biblioteca la Fundación Nueva Cultura del Agua (FNCA), Rio de Janeiro, 2006.

BARBOSA, Paula Souza de Oliveira. Entrevista concedida a MONTE, A. P. Busca pela preservação dos recursos hídricos do Rio Botas. Agência UFRJ de Notícias – Centro de Tecnologia, out., 2009. Disponível em: . Acesso em: 24 Jan. 2017.

PETRELLA, R. O manifesto da água: argumentos para um contrato mundial. Tradução de Vera Lúcia Mello Joscelyne. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

POSSAS, H. P. Educação Ambiental e Recursos Hídricos: Proposta Metodológica. Portal de Periódicos UFGRS. 2000. Disponível em: . Acesso em: 20 Jan. 2017

REBOUÇAS, A. C. Água doce no mundo e no Brasil. In: REBOUÇAS, A. C.; BRAGA, B.& TUNDISI, G. (Org.). Águas doces no Brasil: capital ecológico, uso e conservação. São Paulo: Ed. Escrituras. 2002.

RIO DE JANEIRO. Projeto Iguaçu. Governo do Estado. Disponível em: . Acesso em: 25 Jan. 2017.

SARAIVA, A. L. e SILVA A. C. V. O mundo dentro da escola: refletindo sobre os recursos hídricos com o uso do google earth. Pôster do 10° Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia. Porto Alegre, 2009.

SINGER, H. (org.) Pesquisa-Ação Comunitária (Coleção Tecnologias do Bairro-escola, v.1,). São Paulo: Cidade Escola Aprendiz, 2011.

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. São Paulo: Cortez, 2003.
Publicado
2018-11-29