EQUIVALÊNCIA CONCEITUAL, DE ITENS, SEMÂNTICA E OPERACIONAL DA VERSÃO BRASILEIRA DO EORTC IN-PATSAT32

  • Ana Amélia Belmiro INCA
  • Monique Silva Carvalho INCA
  • Áila Ferreira Vizeu Viana INCA
  • Larissa Fernandes Rocha INCA
  • Rafael Tavares Jomar UERJ
  • Camila Drumond Muzi INCA
  • Raphael Mendonça Guimarães FIOCRUZ
Palavras-chave: comparação transcultural, questionários, satisfação do paciente, serviço hospitalar de oncologia

Resumo

O instrumento EORTC IN-PATSAT32, que afere a satisfação de pacientes hospitalizados com câncer e sua percepção da qualidade dos cuidados hospitalares recebidos, tem demonstrado possuir a robustez necessária para ser utilizado em pesquisas científicas. Desta forma, o objetivo deste estudo é descrever a primeira fase do processo de adaptação trans­cultural da versão brasileira do EORTC IN-PATSAT32. Trata-se de um estudo metodológico baseado no mo­delo universalista que focalizou as quatro primeiras etapas do processo de adaptação trans­cultural: avaliação das equivalências conceitual, de itens, semântica e operacional. Para tanto, foram feitas revisão da li­teratura, discussão com especialistas, tradução e retrotradução dos itens, além de pré-testes. Os Pré-testes re­alizados com 24 pacientes hospitalizados revelaram que alguns itens ainda não captavam os construtos subja­centes pretendidos. Após mudanças em sua re­dação, os itens foram compreendidos corretamente por outros 16 pacientes hospitalizados, conforme proposto pelo instrumento original. Os resultados indicam que a ver­são brasileira do EORTC IN-PATSAT32 pa­rece promissora quando aplicada por entrevistador.

Referências

ARRARAS, J.I., VERA, R., MARTÍNEZ, M., HERNÁNDEZ, B., LAÍNEZ, N., RICO, M., VILA, M., CHICATA, V., ASÍN, G. The EORTC cancer in-patient satisfaction with care questionnaire: EORTC IN-PATSAT32. Validation study for Spanish patients. Clinical and Translational Oncology, v.11, n.4, p. 237-242, 2009.

BRÉDART, A., BOTTOMLEY, A., BLAZEBY, J.M., CONROY, T., COENS, C., D'HAESE, S., CHIE, W.C., HAMMERLID, E., ARRARAS, J.I., EFFICACE, F., RODARY, C., SCHRAUB, S., COSTANTINI, M.,COSTANTINI, A., JOLY, F., SEZER, O., RAZAVI, D., MEHLITZ, M., BIELSKA-LASOTA, M., AARONSON, NK., EUROPEAN ORGANISATION FOR RESEARCH AND TREATMENT OF CANCER QUALITY OF LIFE GROUP AND QUALITY OF LIFE UNIT. An international prospective study of the EORTC cancer in-patient satisfaction with care measure (EORTC IN-PATSAT32). European Journal of Cancer, v.41, n.14, p.2120-2131, 2005

HERDMAN, M., FOX-RUSHBY, J., BADIA, X.. A model of equivalence in the cultural adaptation of HRQoL instruments: the universalist approach. Quality of Life Research, v.7, n.4, p. 323-335, 1998.

HJÖRLEIFSDOTTIR, E., HALLBERG, I.R., GUNNARSDÓTTIR, E.G. Satisfaction with care in oncology outpatient clinics: psychometric characteristics of the Icelandic EORTC IN-PATSAT32 version. Journal of Clinical Nursing, v.19, n.13, p. 1784–1794, 2010.

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA. Estimativa 2014: incidência de câncer no Brasil. Rio de Janeiro, Brasil: INCA Editora, 2013.

JAYASEKARA, H., RAJAPAKSA, L., BREDART, A. Psychometric evaluation of the European Organization for Research and Treatment of Cancer in-patient satisfaction with care questionnaire (‘Sinhala’ version) for use in a South-Asian setting. International Journal for Quality in Health Care, v.20, n.3, p.221–226, 2008.

MARTINS, J.C.A. Satisfação dos doentes oncológicos com os cuidados recebidos durante o internamento: contributo para a validação e utilização da EORTC IN-PATSAT32 na população portuguesa. Revista de Enfermagem Referência, 2009, v.9, n.1, p.41-49, 2009.

REICHENHEIM, M.E., MORAES, C.L. Operacionalização de adaptação transcultural de instrumentos de aferição usados em epidemiologia. Revista de Saúde Pública, v.41, n.4, p.665-673, 2007.

SAMPAIO, P.F., MORAES, C.L., REICHENHEIM, M.E. Equivalência conceitual, de itens, semântica e operacional da versão brasileira do s-EMBU para aferição de práticas educativas parentais em adolescentes. Cadernos de Saúde Pública, v.30, n.8, 1633-38, 2014.
Publicado
2018-12-06