AVALIAÇÃO EXPERIMENTAL DE CONCRETOS DE CIMENTO PORTLAND DE MÉDIA E ALTA RESISTÊNCIA COM OU SEM FIBRAS DE AÇO DE DIFERENTES FATORES DE FORMA

  • Jose Eudes Marinho da Silva IME
Palavras-chave: Concreto, fibra de aço, resistência

Resumo

Este trabalho experimental objetivou o estudo da resistência de concretos de cimento Portland com ou sem fibras de aço de diferentes fatores de forma. Avaliaram-se a resistência à compressão, módulo de elasticidade longitudinal e resistência à tração na flexão. O programa experimental desenvolvido englobou dois tipos de concretos (resistência média e alta à compressão fcm = 35 Mpa e 70 MPa), sem ou com fibras de aço (teor em volume de 1% do volume do concreto e três tipos de fatores de forma – FF: 50, 67 e 80), perfazendo um total de 32 corpos-de-prova cilíndricos 150 mm x 300 mm e 24 corpos-de-prova prismáticos 150 mm x 150 mm x 500 mm, sendo 24 dos cilíndricos e 18 dos prismáticos com fibras de aço. Concluiu-se que a adição de fibras de aço nos concretos, em geral, melhorou as propriedades de resistência em relação às dos concretos sem fibras, além de aumentar suas ductilidade e tenacidade.

Publicado
2022-07-03
Seção
Engenharias