MÉTODO DA RESISTÊNCIA CONTÍNUA COMO ALTERNATIVA PARA O DIMENSIONAMENTO DE ESTRUTURAS EM AÇO INOXIDÁVEL

  • João de Jesus dos Santos
  • Rafaelle Cavalcanti Ribeiro Galvão
Palavras-chave: Aço Inoxidável. Endurecimento por Encruamento. Eurocode. Estruturas Metálicas

Resumo

O projeto que originou este artigo objetiva demonstrar os benefícios alcançados através da utilização de um método de cálculo estrutural inovador – o Método da Resistência Continua (MRC) – na engenharia civil. Este é um método que levará em consideração a curva de comportamento mecânico do aço inoxidável, visto que alguns materiais, como os aços de alta resistência, não apresentam um patamar de escoamento. Autores referenciados no projeto como Gardner (2002) e Santos (2014) sugerem a utilização do Método da Resistência Contínua (MRC) que, atualmente, possibilita avaliar a utilização da fase de encruamento, através do comportamento diferenciado entre o aço carbono e o aço inoxidável. Esta análise tem por objetivo demonstrar que a característica de resistência contínua do aço inoxidável pode ser usada para diminuir a área da seção estrutural e gerar economia, sem comprometer a segurança. Este aço de alta resistência, então, é uma alternativa sustentável na engenharia civil que, através do custo e benefício, a longo prazo, aliado à grande resistência que ele apresenta, possibilitará uma maior reutilização de material. O alto custo inicial em relação ao aço carbono também poderá ser reduzido em função da aplicação desse novo método de cálculo.

Publicado
2021-10-27
Seção
Engenharias