MÉTODO DE NEWTON-RAPHSON PARA RESOLUÇÃO DE EQUAÇÕES: APLICAÇÕES EM PROBLEMAS DE EQUIPAMENTOS MARÍTIMOS

  • Lucas Henrique de Morais Centro de Instrução Almirante Graça Aranha
  • Yves Eduardo Chifarelli de Oliveira Nunes
  • Marlon Ferreira Corsi
Palavras-chave: método iterativo de Newton-Raphson, Pascal, Programa livre, Dispositivos móveis, Aplicativos

Resumo

O objetivo deste estudo foi desenvolver códigos de programação baseados no método iterativo de Newton-Raphson para a resolução rápida e eficiente de problemas correlatos às atividades de bordo, por meio de uma linguagem simples e estruturada (Pascal), voltada para um programa livre e capaz de ser processada por dispositivos móveis de plataformas Android ou iOS. Assim, a ferramenta foi desenvolvida com base nas técnicas de processamento voltadas para aplicativos, com base em exemplos mais simplificados e com o uso da verificação e validação da aplicação. O desenvolvimento partiu de uma modelagem  de resolução mais simples para uma mais complexa: equação polinomial (modelo para fluxo de tubulações), equação exponencial (modelo característico de crescimento populacional) e equação trigonométrica (modelo característico da trajetória de um projétil). Dessa forma, foram abordadas as principais variações disponíveis no programa para problemas de viés matemático e também de cunho físico para um sistema bidimensional. Portanto, visa-se também motivar outros estudos para melhor aprimoramento das ferramentas já desenvolvidas, proporcionadas pelo constante avanço tecnológico, as quais podem e devem ser utilizadas cada vez mais na prática marítima, a fim de coletar novos experimentos, aprofundar conceitos e formular conjecturas, de modo a proporcionar o crescimento do meio marítimo como um todo.

Biografia do Autor

Lucas Henrique de Morais, Centro de Instrução Almirante Graça Aranha

Possui ensino-medio-segundo-grau pelo Colégio Militar Dom Pedro II (2014). Possui graduação em Ciências Náuticas (Máquinas) pelo Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA), sede da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM).

Publicado
2021-04-22
Seção
Engenharias