CONDIÇÃO DA LOUCURA: INVISIBILIDADE E PRECONCEITO

Abstract

Este artigo tem como foco as condições impostas à loucura pela invisibilidade a que deliberadamente a sociedade trata o tema, e, consequentemente, os portadores da loucura, gerando situações que, não raro, causam danos irreversíveis aos doentes que, além de lutarem para minimizar a doença, enfrentam as barreiras, como excluídos sociais. Com base nas teorias de Goffman e especialmente, Foucault, dentre outros, tem-se como objetivo: delinear a condição do louco historicamente na sociedade para destacar formas de preconceitos e invisibilidade a que são submetidas às pessoas com doença mental. O presente trabalho foi elaborado a partir de revisão bibliográfica em bases de dados como o Google acadêmico, PubMed, PsycINFO, Scopus e Scielo, por meio das palavras-chave exclusão, experiência, transcendência e preconceito. Também foram analisadas as referências dos artigos selecionados em busca de dados adicionais, e utilizou-se a constituição federal do Brasil, tendo como resultado a constatação que apesar dos avanços recentes das políticas públicas mitigadoras para o tratamento da saúde mental no país, observa-se que os portadores dessa doença ainda são excluídos socialmente em função do preconceito e da falta de conhecimento sobre a doença.

Author Biographies

Dinoelma da Silva Moura, UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental, UNEB, Juazeiro, BA, Brasil.

Ricardo Luiz Araújo Gila, UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA

Mestrando do do Programa de Pós-Graduação em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental, UNEB, Juazeiro, BA, Brasil.

Sirlene Caxias da Costa, UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental, UNEB, Juazeiro, BA, Brasil.

Luciano Lugori Gonçalves Ribeiro, UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental, UNEB, Juazeiro, BA, Brasil.

Published
2019-09-24
Section
ARTIGOS