Revistas

  • Revista Augustus

    A Revista Augustus é um periódico interdisciplinar, quadrimestral, do Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM, criada em 1996, com submissões de trabalhos em fluxo contínuo. Inicialmente, era publicada apenas na forma impressa, mas a partir de 2001 passou a ser publicada na modalidade online. Em 2012, para acompanhar os avanços da produção científica, começou a utilizar a plataforma SEER, quando passou a avaliar os artigos submetidos pelo sistema de pares cegos.


    Rev. Augustus - ISSN 1981-1896


    As Edições anteriores ao n. 32 estão disponíveis em:


    http://apl.unisuam.edu.br/augustus/

  • Semioses

    A revista Semioses: Inovação, Desenvolvimento e Sustentabilidade é uma publicação trimestral do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Local (PPGDL), do Centro Universitário Augusto Motta, UNISUAM. Tem como foco temas interdisciplinares voltados para as Ciências Ambientais e áreas afins. Deste modo, são bem-vindos artigos de revisão, experimental, resenha e comunicação que versem sobre as questões ambientais e o desenvolvimento sustentável, como a proteção de biomas, erradicação de pobreza, direitos humanos, cidadania, novas tecnologias, educação básica, empreendedorismo, cooperativismo, reutilização de matérias primas, construções sustentáveis, energias limpas, inovações tecnológicas, saúde coletiva, produtos e alimentos saudáveis. A submissão de artigos acontece em fluxo contínuo.


    As Edições anteriores ao v. 11, n. 4 (2017), estão disponíveis em:


    http://apl.unisuam.edu.br/revistas/index.php/Semioses

  • Projectus

    A revista eletrônica Projectus, foca nas áreas de Engenharias, Arquitetura, Meio Ambiente e Interdisciplinar e, por entender a dinâmica social em que vivemos, conduz suas publicações numa perspectiva que pretende transcender a disciplinaridade da ciência. Desta forma, seu foco é abraçar temas de relevância social, que apontem para o desenvolvimento científico e/ou tecnológico, não deixando de contemplar pesquisas interdisciplinares.

  • Corpus et Scientia

    A nova Corpus et Scientia é uma revista eletrônica, editada colaborativamente pelo Centro Universitário Augusto Motta (UNISUAM), contando com editores de várias universidades nacionais, cuja finalidade é estimular e disseminar o conhecimento das Ciências do Esporte e do Exercício e Reabilitação, com foco nas áreas de Educação Física e fisioterapia.

  • Conexões PSI

    A Revista de Psicologia Conexões PSI do Curso de Psicologia do Centro Universitário Augusto Motta é um veículo de difusão científica de estudos e práticas em psicologia e que tem por objetivo publicar trabalhos inéditos em Psicologia e suas interfaces com áreas afins. Os estudos originais baseados em dados empíricos, revisão de literatura com análises críticas de temas atuais, revisão sistemática, estudo de caso, relatos de experiência e resenhas de livros serão aceitos para análise e publicação.


    É uma revista semestral que adota as normas da ABNT para a apresentação de originais, para a apresentação de artigos em publicações teóricas, para as referências e para citações em documentos.

  • Legis Augustus

    A Revista Legis Augustus se apresenta com uma nomenclatura que requer esclarecimentos: não deriva diretamente de uma composição latina, mas da conjunção entre alegis latina e Augustus, nome da Revista Científica da UNISUAM e de maior expressão no meio acadêmico. Por outro lado, a expressão legis, é histórica e universalmente conhecida, podendo representar multiplicidades tais que o discurso da Ciência do Direito nela se abrigue de forma aberta e interdisciplinar. Além disso, a gênese desta Revista excede a noção de criação inédita, pois o Curso de Direito da UNISUAM, nos seus mais de trinta anos, já produziu exemplares de produção acadêmica em atendimento às necessidades de então, embora reduzidos a exemplares isolados. Hoje, coroando esse resultado e atendendo ao atual perfil acadêmico do Curso, apresenta-se a Legis Augustus. Em formato eletrônico, apressa-se ao debate cognitivo e revela a produção do nosso Curso de Direito. Tem identidade interdisciplinar, mas não se reduz ao seu conceito puro. A axiomática das disciplinas que envolvem a pesquisa jurídica abrange a conectividade contributiva de outras disciplinas sob variadas formas, como eixo de integração entre saberes. Entretanto, longe de ser uma meta, a interdisciplinaridade é uma dinâmica que visa à cooperação e ao diálogo entre disciplinas e instituições, comportando outros métodos ou evoluindo para outras concepções. Nesse sentido, interdisciplinaridade não é ideal, mas a práxis da Legis Augustus. Os artigos aqui publicados são testemunhas dessa prática e inspiram a produção multidisciplinar do debate acerca do Direito e de sua ciência. O eixo de integração supracitado envolve a temática da Revista: Direitos Humanos e Cidadania. Sob esse mote, todos os saberes confluem para um entendimento gerador de debates e de novas propostas: dinâmica de saberes que se envolvem no pathos da atividade acadêmica.

  • International Journal on Active Learning

    O International Journal on Active Learning é um periódico científico do Consórcio STHEM Brasil, publicado semestralmente, com o apoio de LASPAU/HARVARD. Está vinculado à área Interdisciplinar do CNPq. Tem por finalidade estimular e disseminar o conhecimento científico contemplando diferentes áreas que se proponham a trabalhar com metodologias ativas de aprendizagem.

  • Cadernos UNISUAM de Pesquisa e Extensão

    Os Cadernos Unisuam de Pesquisa e Extensão abrem um espaço para a divulgação de experiências dos projetos de extensão articulados à pesquisa. Desta forma, favorece a visibilidade a articulação ensino, pesquisa e comunidade.


    Os projetos de extensão e pesquisa ligados as instituições de ensino superior vem suprindo uma lacuna de demandas locais. A possibilidade de torná-las visíveis favorecem a maior mobilização da sociedade para uma cidadania ativa.


    Além disso, se propõe também a abarcar nas diversas vertentes de publicações científicas, estimulando a revelação de novos talentos acadêmicos.